quinta-feira, julho 05, 2007

Mudanças a vista

Mais uma vez, minha vida esta a ponto de uma reviravolta... Agora eh definitivo: em outubro me mudo de vez pra Groningen. Pedi minha demissão, e quando a gente voltar da Australia no inicio de outubro não volto mais pro trabalho aqui em Tiel.
Decisão muito bem pensada e estudada. O escritorio de Maridim vai mudar tambem. O local ainda não esta definido, nem quando eles se mudam de vez, mas a previsão eh de que no meio do ano que vem, o novo escritorio ja esteja funcionando. E de Outubro ate o meio do ano que vem, Maridim vai trabalhar uma vez por semana de casa, o que significa que eu vou dormir uma a duas noites por semana sem ele. Como eh temporario, eu não acho tão ruim. Eu tô precisando mesmo eh sair dessa correria, isso sem falar no meu emprego...
Eu não reclamo aqui pra vocês, mas a cada dia que passa a situação la fica mais insuportavel. Eh muito stress junto. A cada semana tem uma no meu departamento chorando por que não ta aguentando a pressão. A cada semana eu tenho menos horas livres. Meu contrato de 24 horas semanais, pode esquecer, não teve uma semana sequer desde que eu começei la que eu tenha trabalhado so 24 horas. E nunca um reconhecimento, nunca um obrigado pelas horas extras, nunca um: "Poxa, legal, você fez um bom trabalho". E quando você bate o pe e diz, "não, esse eh meu dia livre e eu não venho trabalhar", ainda tem que aguentar cara feia. Fora outras coisas que nem vale a pena comentar aqui... Maridim eh quem ja escutou muita queixa minha, mas agora que pedi minha demissão ja tô ate me sentindo mais leve.
Agora trabalho duas semanas e saimos de ferias por três semanas. Depois, trabalho mais 4 semanas e viajamos de novo. E depois... mudança! O chato eh passar por tudo de novo: inscrições em uitzendbureaus, entrevistas, pegar o ritmo de novo... e la no norte tem menos empregos do que aqui, não sei como vai ser... Mas agora não tô (ainda) muito preocupada não. A gente decidiu mudar em outubro porque eh quando começam as obras la em casa e alguem tem que estar em casa pra acompanhar. Então tô mesmo pensando em ficar em outubro livre. E ate porque eh o começo de uma nova etapa, e eu quero, se me der a louca, estar livre pra vir aqui pra Tiel ficar com Maridim quando a saudade apertar.
Outro motivo pra não ficar protelando muito essa mudança eh a minha enteada Joyce. A relação dela com a mãe esta cada vez pior e ela quer morar com a gente. Caiu alguem da cadeira por ai?? Pois eh, minha gente, ai eu vou virar mãe de vez. E de uma adolescente... desafios, desafios... Sem pânico, tudo vai dar certo. Ela eh uma menina otima e a nossa relação eh super boa. Tudo bem que morar junto eh diferente, mas eu vou fazer o que? Dizer não? A menina ta infeliz, a cada briga com a mãe, ela vem chorando e, honestamente, ela não merece isso. Ela tem 15 anos, estuda pra caramba, trabalha, ela merece ter paz, e ser feliz. Então vamos la, encarar mais esse desafio. Olhando o lado positivo, eu vou ter sempre companhia, e se a gente conseguir manter o dialogo sempre, a gente vai se dar muito bem. Assim, meio no estilo Gilmore Girls (menos, Patricia, menos), quem sabe? Vamos la, gente, corrente positiva pra tudo dar certo...

13 Comentários:

Às sexta-feira, julho 06, 2007 1:31:00 PM , Anonymous Holandesa disse...

Mudanças sempre trazem inseguranças e medos, mas elas trazem também novas oportunidades.
Além disso elas acontecem para nos ensinar algo. Acho que todas essas mudanças na sua vida: groningen, trabalho, enteada... será uma grande aventura e aprendizado. Vc sabe que não será fácil desde já, mas se vc tomou a decisão, vai de cabeça e seja sempre sincera (consigo mesma), acho que assim vc nunca se arrependará de suas decisões e no final tudo, por mais difícil que seja, dará certo!...

 
Às sexta-feira, julho 06, 2007 4:39:00 PM , Anonymous Aline Franca disse...

Paty, eu perguntei se vc iria encomendar o bebe nao se vc ia comprar pronto kkk e ainda ja crescido kkkkk :) to brincando linda, acho que vai ser otimo, pois se vc ja nao esta aguentando a situacao, pior nao vai ficar, e ainda mais que foi bem pensado...relaxa vai curtir as ferias e depois recomecar :)
Desejo tudo de bom pra vcs :)
beijocas e se precisar ja sabe...
O greg anda indo pra Groningen mas durante a semana :( quem sabe qdo vc for morar la teremos mais oportunidade de nos encontrar :) e ai ja posso levar o baby kkk :)
Aline e super junior

 
Às sexta-feira, julho 06, 2007 6:32:00 PM , Anonymous Anônimo disse...

Olá Patricia, sei bem como eh, ter um relacionamento com homem que ja foi casado e tem filhos. O meu namorido tem tres filhos, e temos a mesma situaçao. A filha dele que já
esta com quase 18 anos, vira e mexe briga com a mae e aparece aqui em casa do nada. As vezes altas horas da noite e aí, cai toda a "neura", aqui para mim. Sem falar, que o filho mais novo é cego
e qdo. a mae das crianças briga feio com o novo marido dela, namorido tem que sair correndo para tirar o garoto que é cego do meio da confusão!!!! eta holandeses barraqueiros esses!!!! pensava que era so no Brasil, mas aqui, acho que é a mesma coisa. Bom , te desejo boa sorte com a nova enteada e espero que ela possa ver em voce, a nossa cultura brasileira, digo ..., dar valor a família, que pelo o que vejo aqui na Holanda, isso nao é muito importante, aquele calor familiar nao existe, e isto para mim é primordial.

Boa, e muuuuuuuuuuuuuuuuuita boa sorte para voce nesta nova vida!!!!

Sejas, feliz!!!! e nao esqueça que Deus está no controle.

Ass: Anonimo.

 
Às sábado, julho 07, 2007 3:07:00 PM , Anonymous Samantha disse...

Nossa juro que no início do post achei que vc tinha decidido engravidar hahahahaha Mas já vai receber a filha pronta e criada ;) Olha, vc parece ser uma menina sensacional e forte, acho que tudo vai dar certo... Acho que a gente tem que encarar os desafios com calma e sem ansiedade...
Boa sorte e tudo de bom...
Bjo

 
Às domingo, julho 08, 2007 12:33:00 AM , Anonymous Eliana disse...

Oi Patrícia...menina, quantas decisões sendo tomadas depois da partida de sua mãe!!! Acho que vc está certa em dar prioridade ao seu casamento, sua nova casa, mudança de cidade, pelo visto seu trabalho tá te consumindo as energias que vc precisa direcionar para outras coisas. Por uma lado, deve ter dado aquele friozinho na barriga de abrir mão disso, mas é por uma boa e nobre causa. Vc tá certa em aceitar a sua enteada, afinal é filha do seu marido. Seu coração aberto e otimista só vai ajudar e ela há de ser uma grande companheira e vc a ela! Um grande beijo.

 
Às domingo, julho 08, 2007 12:54:00 AM , Blogger Andy disse...

Será que eu consigo deixar um comentário para você, amiga querida?

 
Às domingo, julho 08, 2007 12:54:00 AM , Blogger Andy disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
Às domingo, julho 08, 2007 1:05:00 AM , Blogger Andy disse...

Consegui!!!
Amiga, fico tão feliz em ler suas histórias...
Eu imagino o tamanho da sua felicidade enquanto sua mami esteve aí... Curtiu muito hein?!
Logo logo, eu e Rony estaremos aí com você. Estamos pensando em ir em Outubro, mas estamos esperando algumas definições (depois te conto com calma).
Com relação à sua mais nova "filha", nada de pânico... Você vai tirar de letra. Com esse jeito doce e amável, tenho certeza que serão amigas e confidentes e como você disse, uma companhia.
Feliz será sua enteada, tendo o prazer da sua companhia e amadurecendo com sua educação e amizade.
Boa sorte!
Depois me manda seus telefones de contato, caso tenham mudado...
Te amo,
Andy

 
Às segunda-feira, julho 09, 2007 11:56:00 PM , Anonymous Eliecy disse...

Pat...

Te acho super corajosa. Diante de tantas dificuldades relatadas de falta de empregos para estrangeiros, você toma uma decisão assim, mas se é para seu bem estar emocional, isso vale a pena.

Não sou mãe, deve ser algo não muito fácil, de um adolescente, deve exigir muita paciência também.

Te desejo, sorte e descanse muito lá na terra boa, volte com as baterias carregadas.

Abraços fraternos.

 
Às quinta-feira, julho 12, 2007 2:27:00 AM , Blogger Agridoce disse...

Pati, quanta mudança!!!!!
Parece que a visita de mamis foi muito bem aproveitada, ela te fez pensar, você teve com quem desabafar e parece que os conselhos acerca filhos que ela te deu também te ajudaram nessa decisão...sem falar no colo, no cafuné, pensar em mudanças e fazer estratégias dessa forma, com mamis por perto dá muito mais otimismo...
Amei a sua coragem e principalmente, amei a forma que você está encarando todas essas mudanças, com otimismo!!!!
Se cuida, menina e parabéns pela coragem!

 
Às sábado, julho 14, 2007 4:03:00 PM , Blogger Naldy disse...

Boa sorte com todas as suas mudanças. Torço aqui para que tudo dê certo!
Seguir em frente sempre!

 
Às terça-feira, julho 17, 2007 1:51:00 PM , Anonymous Aline Franca disse...

Linda tudo em ordem por ai???!!!
beijocas
Aline e super junior

 
Às quarta-feira, julho 25, 2007 12:37:00 PM , Blogger Vi disse...

Boa sorte!! Gilmore Girls é uma referencia sim...rs no caso do diálogo...pelo menos

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial