quarta-feira, janeiro 31, 2007

Mais uma etapa

Enfim, mais uma etapa vencida: Passei na prova teorica da autoescola!!! Finalmente! Parece que tirei um peso das minhas costas... Tambem eu não aprendo: sempre deixando pra estudar em cima da hora. Minha prova estava marcada pra hoje desde dezembro, mas eu ficava resmungando do livro, enrolando, lia uma pagina e parava... e estudar que eh bom mesmo, nada. Ate que semana passada bateu o desespero e fiquei na correria de voltar do trabalho, fazer comida e ficar estudando... Hoje estava super nervosa, nem um pouco confiante, mas felizmente correu tudo bem... Eu optei por fazer a prova em inglês, pois achei o livrinho em holandês muito dificil. A prova eh assim: você entra numa salona, com um grupo de mais ou menos 25 pessoas e na mesa em frente a cada candidato tem um aparelhinho onde você vai teclar a resposta: sim ou não, A, B,ou C, ou um numero, por exemplo quando perguntam limite de velocidade. As perguntas aparecem numas telonas que se encontram espalhadadas pela sala, 2 telonas pra cada 9 candidatos. Ao final das 50 perguntas, vão todos pra fora da sala, e em aproximadamente 10 minutos, o fiscal chama todo mundo de volta pra dar o resultado... Essa hora foi terrivel....A fiscal falou assim: Olha, eu enho aqui os resultados... não foi nada bom... de todos vocês somente 2 passaram... Nessa hora eu pensei: Ih, ferrou.... mas felizmente, eu e uma outra menina tinhamos passado. Fiquei impressionada com a quantidade de gente que não passou... antes da nossa prova, vi tambem o resultado de um outro grupo, mas de holandeses mesmo, e muita gente tambem não passou.... Achei impressionante, porque no Brasil, acho que todo mundo que eu conheço passou de primeira na prova teorica. Na pratica tem muita gente que fica nervosa e não passa, mas na teorica todo mundo passa... mas aqui não. Tambem achei a prova daqui mais dificil, com muito mais conteudo que la, pelo menos ha 10 anos atras, quando eu fiz a minha prova teorica no Brasil...


No trabalho tudo otimo. Gosto muito das minhas colegas. Alias, queria colocar uma coisa aqui: eu tenho uma colega, de seus 50 anos, muito gentil com todos, aquele tipo de gente que quando você encontra, você pensa, nossa, que pessoa boa. Sempre educada, sempre aglegre, sempre uma palavra positiva pra todos, super atenciosa com qualquer um. Outro dia ela me contou que o seu marido descobriu um câncer no intestino ha 2 anos atras. Desde então, eles passaram por cirurgias, quimio, imunoterapia, e outros tratamentos ainda em estado experimental. Sexta-feira ele fara uma outra cirugia, pois esta sentindo muita dor no dreno que teve que ser colocado quando ele teve que tirar 20 centimetros do intestino. Na verdade, o que eu queria colocar aqui eh que as vezes a gente se preocupa tanto com coisas sem importâcia, acha que os nossos problemas do dia a dia são problemões enooormes, briga e fica emburrado por besteira, e na verdade, isso sim eh que eh problema. Eu falo isso não so pra vocês não, mas pra mim mesma. Gente, olha o tamanho do problema dessa familia, e essa mulher vai trabalhar todos os dias sorridente e amavel com todos que a cercam. Eu a admiro muito. Tambem quero ser assim. Sera que esse sempre foi o temperamento dela, ou ela aprendeu a ser assim pelo sofrimento? Maridim acha que eh temperamento. Eu ate concordo, mas acho que o sofrimento molda as passoas e ensina muito. Se você quiser aprender. Tem gente que prefere ficar amargo e reclamando da vida, mas eu acredito que o sofrimento vem pra te ensinar algo mais importante. O dificil eh ter sabedoria pra enxergar isso e transformar o sofrimento em algo positivo. Desde que eu soube da historia dela, tenho rezado muito pela saude de seu marido, e tambem agradecido ter conhecido essa pessoa, com quem tenho aprendido tanto. Tenho procurado dar mais valor as pequenas alegrias do dia a dia e procurado ser mais tolerante e paciente (ja que paciência eh mesmo o meu ponto fraco). Tambem tenho agradecido muito pela saude da minha familia daqui e de la do Brasil. Pequenas coisas que a gente deveria fazer sempre, mas que por um ou outro motivo, acaba esquecendo. Ate que a vida vem e nos da um “sacode”, nos mostrando o que eh realmente importante nessa vida.

12 Comentários:

Às quarta-feira, janeiro 31, 2007 11:29:00 PM , Blogger Milk disse...

Primeiramente PARABENS...

E vc esta certissima nos preocupamos com coisas tao mesquinhas e nao enxergamos a gravidade dos problemas maiores, e depois quando caimos e nos machucamos ficamos se lamentando, mais tb acho que o sofrimento muda muito as pessoas, nao generalizo mais penso que acontece muito....

Boa semana e sucesso...nao some!!!

beijinhos Aline e baby

 
Às quinta-feira, fevereiro 01, 2007 12:51:00 PM , Anonymous Susana disse...

Oi Patricia !

Pois 'e... mostremos ao problema o tamanho do nosso Deus ! Normalmente fazemos ocontrario ne?
Na verdade, a saude 'e uma dadiva inestimavel. So nos damos conta disso quando ja nao a temos.
Devemos incluir na saude, a saude do corpo e da alma. So assim poderemos ver com clareza nossos irmaos !

Parabens pelo otimo resultado no teste !

Bjs,

Susana

 
Às quinta-feira, fevereiro 01, 2007 2:09:00 PM , Anonymous Anônimo disse...

E nunca se esqueça de agradecer mesmo!
Eta mulher de sorte, sô!!!!!!
Tão pouco tempo nesta terra e já ter alcançado tantas coisas positivas.
Deus continue ti abençoando!
É o que desejo, sem demagogia ou despeito, de coração.
Sucess!

 
Às sexta-feira, fevereiro 02, 2007 4:49:00 AM , Blogger brasileirinha no hawaii disse...

nao me fala dissoooo!!!! to aqui ensaiando essa prova faz tempo, quem disse q pego o livrinho pra estudar??? dirijo com minha carteira do brasil, mas soh de saber q a prova eh em ingles, eu to fujindo, pode???
uma hora vou ter que ir, afe!
agora dali Paty no volante!
bjssss

 
Às sábado, fevereiro 03, 2007 1:49:00 AM , Anonymous chris disse...

oi amiga, sabe o que é mais legal no seu texto? Que vc fala da senhora sem se dar conta de como vc também é especial! Vc se importa com os outros, ora por ela... que fofa que vcé também! Super gentil e tudo o mais, uma pessoa e tanto!!! bjins

 
Às segunda-feira, fevereiro 05, 2007 7:19:00 PM , Anonymous Agridoce disse...

Parabéns pela prova!
Pois é, acho que as vezes faz falta dar aquela olhada para o lado e ver que tem pessoas em situações muito mais difíceis e com problemas muito piores, e mesmo assim conseguem nos passar grandes ensinamentos...sua sensibilidade em captar isso também é de se destacar!
Pois é, menina, estou de volta, aos pouquinhos vou lendo tudo e ficando por dentro de como estão as coisas por aqui.
Um beijo enorme para você

 
Às segunda-feira, fevereiro 05, 2007 7:25:00 PM , Anonymous Agridoce disse...

Menina, agora fuçando por aqui vi que você está de empreguinho novo, o primeiro na Holanda, que delícia!
Apesar dos problemas meteorológicos com a bike fiquei muito feliz por você lol
Ah, e feliz aniversário, super atrasado mas tá valendo, tá? hahaha

 
Às segunda-feira, fevereiro 05, 2007 9:44:00 PM , Blogger Cadinho RoCo disse...

Duplo parabéns. Primeiro pela aprovação na prvva de motorista e segundo por sua abordagem tão feliz quanto pertinente, para que possamos dar mais valor o que temos ao nosso dispor.
Cadinho RoCo

 
Às segunda-feira, fevereiro 05, 2007 10:19:00 PM , Anonymous Lidu disse...

Oi Patrícia!
Parabéns por mais essa conquista:) Que belo exemplo da sua colega de trabalho, que eles consigam superar esse momento difícil. Temos mesmo que agradecer sempre, por tudo que temos...ser feliz!
Beijos,

 
Às quarta-feira, fevereiro 07, 2007 11:34:00 AM , Anonymous Joelma disse...

Eh...Patty tô orgulhosa de vc viu menina!!! Parabéns...primeiro o NT2, depois o emprego e agora a prova teórica parabéns minha linda!!! Deus lhe dê muitas e muitas alegrias!!!

 
Às quarta-feira, fevereiro 07, 2007 9:08:00 PM , Anonymous Eliecy disse...

Oi Pat...

Parabéns pela prova. Seu texto traz uma enorme verdade. Estamos sempre reclamando de coisas menores. Um dia estava aí na Holanda e uma amiga ligou aflita para mim com um problema, disse que tinha até pensado em se matar.

Nessa hora só pensei em dizer a ela que o que ela tinha era uma dificuldade, problema mesmo são os daqueles que lutam dia-a-dia pela vida, seja por uma doença, pela fome, etc. Nós temos essas dificuldadezinhas que tiramos de letra.

Beijos e muito, mais muita sorte.

 
Às quinta-feira, fevereiro 08, 2007 9:09:00 PM , Anonymous Cris (Rtdam) disse...

Oi Patricia,
Eu e a Fernanda ainda estamos
no martírio de estudar o 'bendito' livrinho! Pior que eu fico só na enrolação... é como vc disse aí, a gente lê duas páginas num dia, uma no outro e assim eu sigo... devagar quase parando.
A Fernanda vem comentando sobre vc já faz um tempo (só coisas boas viu?! tô até ficando com ciúmes de amiga rsrs... brincadeira ;)
Só agora que deu um tempo e eu consegui vir e dar uma olhada em vários posts e acompanhar um pouquinho... adorei.
Beijos!
Cris

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial